Loading...

Botox®

A toxina botulínica é usada para corrigir as rugas de expressão, aquelas que se formam pelo
uso repetido da musculatura facial. As rugas da testa, o sulco entre as sobrancelhas e os
famosos “pés de galinha” são os mais beneficiados com o método. A injeção dessa substância
bloqueia os sinais nervosos musculares, enfraquecendo o músculo de modo que não se
contraia tão fortemente para que não dobre excessivamente a pele. Com os músculos em
repouso, as rugas são atenuadas ou desaparecem. Atualmente, a substância também vem
sendo utilizada por um número cada vez maior de pessoas já para a prevenção (e não apenas
tratamento) de rugas faciais, iniciando sua aplicação em torno de 25 anos de idade. Assim, é
possível evitar a ocorrência dessas tão indesejáveis marcas faciais
Com a técnica correta e sem exageros na aplicação, o resultado é um rosto jovial, descansado
e natural. Esses excelentes resultados são responsáveis pelo grande número de adeptos do
seu uso regular, com aplicações a cada 6  meses, em média, para a manutenção de seu efeito.
A aplicação é rápida, realizada em consultório, o incômodo é pequeno e o repouso da
musculatura começa em alguns dias. Em menos de um mês já se percebe grande melhora das

rugas. A duração dos efeitos é de cerca de cinco a seis meses. A aplicação do BOTOX ® pode
ser repetida diversas vezes, sempre que o efeito terminar após o período citado. O movimento
muscular volta um pouco antes, ao redor do quarto e quinto mês, mas as rugas só retornam em
torno de 6 meses, que é quando deve ser reaplicado. Mas com as aplicações repetidas, no
tempo certo, a duração do efeito tende a aumentar, pois as linhas vão ficando mais suaves a
cada reaplicação.

Existem várias marcas de toxina botulínica disponíveis atualmente, cada uma com suas
características e eficácia diferentes.
Além de atenuar os sinais comuns da idade, o botox também é usado para arquear a
sobrancelha, elevar a ponta do nariz, relaxar um queixo muito enrugado, corrigir o sorriso
gengival, melhorar o aspecto enrugado do pescoço e definir melhor o contorno da mandíbula,
por meio da técnica de lifting com a toxina botulínica. Utiliza-se, ainda, para diminuir ou eliminar
a transpiração excessiva nas axilas, mãos e pés (chamada de hiper-hidrose), e até para
melhorar a cefaleia tensional (dor de cabeça) e enxaqueca.
A toxina botulínica apresenta as seguintes contraindicações: gestação, amamentação, doenças
neurológicas e alergia à substância.